Bahia Principe Hotels & Resorts desenvolve estratégia para promover a biodiversidade de Samaná, na República Dominicana

A cadeia hoteleira vai fomentar a criação de produtos turísticos mais sustentáveis, que irão melhorar a competitividade a longo prazo e colaborarão com os ministérios da Educação e do Meio Ambiente e Recursos Naturais, e com municípios da região.


São Paulo, 23 de julho de 2019 - A Bahia Principe Hotels & Resorts, marca líder em resorts all-inclusive com propriedades no Caribe e na Espanha, dará início, a partir do próximo ano, a uma estratégia ambiental que permitirá posicionar Samaná, na República Dominicana, como um destino ecológico reconhecido internacionalmente. O projeto inclui acordos com diversos atores regionais e nacionais, além do programa develoPPP, promovido pelo Ministério Federal Alemão de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, e será implementado em Samaná pelo Grupo Piñero e pela Cooperação Alemã para o Desenvolvimento (GIZ).

Pablo del Toro, responsável pela Gestão Ambiental no Grupo Piñero, assegura que "esta iniciativa em Samaná está alinhada ao compromisso do Grupo em estabelecer alianças estratégicas para a melhoria da biodiversidade nos destinos onde atua. Graças ao apoio do Governo da Alemanha e da GIZ está sendo possível desenvolver este projeto importante para a população local e para a rica biodiversidade da área. A empresa busca ser estratégica, propondo um projeto que atenda às principais necessidades ambientais existentes, como é o caso da gestão de resíduos, envolvendo atores locais para que sejam o motor de mudança que permitirá a diferenciação e o posicionamento do destino como um lugar biodiverso, limpo e sustentável".

A estratégia de promoção e fomento da biodiversidade em Samaná será apoiada por meio de acordos com instituições e com a administração pública. Desta forma, propõem-se a colaboração com os ministérios da Educação e do Meio Ambiente e Recursos Naturais da República Dominicana. Com eles, serão implementados programas de educação e conscientização sobre biodiversidade, realizados nas propriedades Bahia Principe Hotels & Resorts e nas escolas públicas de Samaná participantes do projeto.

Além disso, contará com o Ministério do Meio Ambiente e com o Centro para Conservação e Ecodesenvolvimento da Baía de Samaná e arredores (CEBSE) para conduzir experiências piloto em reabilitação e restauração de bacias, monitoramento da biodiversidade da região e desenvolvimento de atividades sustentáveis em áreas de abundante riqueza natural.

"Esperamos que mais empresas invistam em biodiversidade levando em conta a importância na tomada de decisões estratégicas. Estamos contentes pelo Grupo Piñero ter se comprometido em transformar Samaná em um destino consciente em relação à conservação e ao uso sustentável do capital natural, envolvendo diversos setores para garantir a sustentabilidade do projeto”, disse Svenja Paulino, diretora do programa “Biodiversidade e Negócios".

Por fim, a iniciativa também inclui uma parceria público-privada para a gestão adequada de resíduos, que será realizada em três municípios de Samaná (com projeto piloto em um deles), em colaboração com o Ministério do Meio Ambiente e Recursos Naturais, ONGs locais e empresas especializadas em reciclagem.

Sobre Bahia Principe Hotels & Resorts

A cadeia hoteleira Bahia Principe, do Grupo Piñero, conta com 25 estabelecimentos e 13.639 unidades de hospedagem na República Dominicana – onde é líder do mercado em número de camas turísticas –, na Riviera Maya (México), Jamaica e Espanha (Canárias e Baleares). Ano após ano, os hotéis da rede Bahia Principe são condecorados com os mais prestigiados prêmios internacionais de qualidade, dados pelo setor de viagens. Paralelamente aos hotéis de alto padrão, a companhia da família Piñero gerencia grandes residenciais de luxo: Playa Nueva Romana Residences & Golf (República Dominicana)  e Bahia Principe Riviera Maya Residences & Golf (México). Para mais informações, visite https://www.bahia-principe.com/pt/.

Playa Rincón_1 (1).jpg


Denise Claudino